Crianças da Educação Infantil constroem conhecimento por meio da brincadeira livre

Uma das atividades de rotina permanente na Educação Infantil do INSA são as brincadeiras. Temos a consciência que a criança não nasce sabendo brincar, isso é uma aprendizagem social, então, planejamos diariamente diferentes espaços lúdicos, para possibilitarmos a brincadeira livre no qual as crianças atribuem significados, estabelecem relações, fazem observações, tudo isso a partir da exploração do ambiente, das interações com outras crianças, das brincadeiras não dirigidas que fazem quando descobrem objetos, percebem o espaço ao seu redor, as texturas, cores, cheiros, gostos, realizando imitações, brin¬cando de faz de conta, etc. Por esse motivo, propomos atividades diversas para que as crianças integram naturalmente as ações de brincar livremente, de brincar no parque, ajudar na organização da sala, distribuir materiais, dividir lanches com amigos, explorar objetos livremente, cantar, ouvir histórias, conversar, etc. Viver papéis diferentes daqueles que são os reais: filho, primo, neto, irmão, para “ser” (rei, animal, árvore, heróis, bonecos, etc.) não é tarefa fácil, precisa de elaborações constantes e vivências múltiplas. Sendo assim, oferecemos todo esse repertório porque acreditamos que a criança aprende a brincar brincando, convivendo com diversas faixas etárias e resolvendo os problemas reais que as brincadeiras “impõem”. No ato de brincar, os sinais, os gestos, os objetos e os espaços valem e significam outra coisa diferente daquilo que aparentam ser. Ao brincar, as crianças criam, recriam e repensam os acontecimentos que lhes deram origem, sabendo que estão brincando. Desta forma, por meio da brincadeira, criamos um espaço em nossa escola, no qual as crianças experimentam o mundo e inter¬nalizam uma compreensão particular sobre as pessoas, os sentimentos e os diversos conhecimentos. Professora Viviani Thomazzetti.

  Galeria de Fotos (clique sobre as fotos para aumentá-las):