BRINCANDO COM OS NOMES AS CRIANÇAS DESENVOLVEM A HIPÓTESE ESCRITA

Um dos caminhos do ensino da escrita na Educação Infantil inicia por meio dos nomes próprios, uma vez que essas palavras fazem sentido para as crianças. Propostas que envolvam os nomes ocorrem durante todo o ano, variando o grau de dificuldade à medida que as crianças vão se apropriando cada vez mais das convencionalidades da língua, por exemplo: quando todas ou a maioria das crianças já reconhecerem os nomes próprios impressos nas fichas, estará na hora de “dificultar” um pouco a proposta, ou melhor, desestabilizar os conhecimentos por meio de perguntas e questões que levem a turma a atentar para cada parte do nome e de letras em especial. Assim as letras vão ganhando nome e sentido! Por essa razão, não necessitamos dos alfabetos com imagens, já que consideramos os nomes próprios como palavras de maior importância para as relações e percepções sobre as combinações fonéticas e os registros escritos, portanto, para que as crianças encontrem significado e desenvolvam as habilidades, temos sempre presente o jogo simbólico (brincadeira) em nossos projetos.

  Galeria de Fotos (clique sobre as fotos para aumentá-las):